Make your own free website on Tripod.com

kaix....jpg

purple_line_e0.gif

up_josefernandescastro.jpg

purple_line_e0.gif

Eu tenho a noção exata * Das minhas limitações
Mas, quando de amor se trata * Perco todas as noções!

purple_line_e0.gif

Click na minha imagem e visite o blogue
* FADOS do FADO *

site.jpg

Montagem fotográfica do meu amigo: *Torre da Guia*
Um ilustre poeta a quem a cultura muito deve

purple_line_e0.gif

purple_line_e0.gif

loira.jpg

MARTA, meu verso amado

Minha filha, meu verso tão amado
Minha razão de vida preenchida
Inspiração suprema do meu fado
Valor que valoriza a minha vida

Na paz do teu sorriso encantador
Eu sinto renascer um novo dia
No meu jardim és tu a linda flor
Exalando perfume de magia

O teu olhar de musa deslumbrada
Desperta o encantamento do amor
E a tua pequenez tão perfumada
É o meu maior poema de louvor

Em cada beijo teu, respiro vida
Por ti, serei poeta compensado
Minha razão de vida preenchida
Minha filha, meu verso tão amado

*Setembro de todos os anos*

purple_line_e0.gif

Gostava

Gostava de ter bebido
Ciências do outro mundo
Gostava de ter vivido
No mar do amor profundo

Gostava de ter sentido
Inspiração genial
Gostava de ter nascido
Rei, dono de Portugal

Gostava de compreender
O mistério das paixões
Gostava de perceber
Versos feitos por Camões

Gostava de ter gerado
Uma nova primavera
Gostava de ter pintado
O retrato da Severa

Gostava de ser Pessoa
Poetizando o espaço
Gostava de ser Malhoa
Ou então, Pablo Picasso

Gostava de ser o grito
Que a dor me trouxe de ti
Gostava de ter escrito
Os poemas do Ary

Gostava que Jesus Cristo
Fosse meu bom confessor
Lamento apenas ser isto
Gostava de ser melhor

purple_line_e0.gif

colo.jpg

Cantilena infantil

Vi uma criança beijar uma flor
Vi um passarinho beijar um petiz
A flor tão linda, até mudou de côr
E o passarinho ficou tão feliz




coraes.jpg

Harmonia poética

Para que o sonho desperte
Durante o amanhecer
Basta que uma boca aperte
A boca dum bem querer

Para sentir o prazer
De ter um beijo á mercê
Basta que o peito se dê
Ao peito que tanto o quer

Para que a voz dum poema
Seja mensagem real
Basta que a côr natural
Do amor, seja suprema

Para que a luz do futuro
Tenha mais intensidade
Basta ter a liberdade
De caminhar no escuro

E para que a luz do dia
Nos dê sempre a hora certa
Basta que haja harmonia
Nos sentidos do poeta

* Setembro 2002 *

purple_line_e0.gif

O meu desnível

Só falo do que conheço
Muito embora reconheça
Que não dou bastante apreço
Ao que me vai na cabeça

Podia falar melhor
Ou igual a tanta gente
Podia até, ser doutor
Se a vida fosse diferente

Não posso culpar ninguém
Por este grande desnível
Quer meu pai, quer minha mãe
Fizeram o impossível

Porém a vida é assim
Uns com tudo, outros sem nada
Por azar, calhou-me a mim
A parte descompensada

Mas não me sinto culpado
Pela minha condição
Tenho o coração no fado
E o fado no coração

purple_line_e0.gif

estadio.jpg

Meu belo Dragão Azul

O bicho da moda
Que a ninguém faz mal
Mas que em Portugal
Parte a loiça toda!...

Símbolo real
Duma devoção
Todo o Portugal
Fala em ti... Dragão

purple_line_e0.gif

Se estás no meu site e comemoras hoje o teu aniversário, aceita esta singela homenagem de *PARABÉNS*

Parabéns a você
Nesta data querida
E que a vida te dê
O sol puro da vida

Hoje é dia de festa
Haja paz e amor
Quanto a mim, só me resta
Enviar-te uma flor

iris.gif

Que a luz da felicidade
Ilumine a tua idade!

purple_line_e0.gif

martinha.jpg

Um dia especial na vida da minha flor!

purple_line_e0.gif

A noção do meu tamanho
 
Aos poucos vou percebendo
Este sentimento estranho
E percebendo, vou tendo
A noção do meu tamanho

Aos poucos vou decifrando
Os caprichos da saudade
E assim vou conquistando
A minha realidade

Aos poucos vou construindo
O meu castelo de areia
Muito embora vá sentindo
Um sopro de maré cheia

Maré cheia que fará
Derrubar o meu castelo
Mas que nunca levará
P'ra longe, este sonho belo

purple_line_e0.gif

23set06.jpg

*Linda*

Adoro ver-te crescer
Bonita, esperta e ladina
Nunca deixando de ser
A minha linda menina!...


A Martinha no dia das
18 primaveras*

purple_line_e0.gif

Fica-te bem

Mesmo que a dôr no teu peito
Não tenha significado
Fica-te bem esse jeito
De cravo ruborizado

Fica-te bem essa côr
De roseira enternecida
Mesmo que a luz do amor
Já não brilhe em tua vida

Fica-te bem a distãncia
Que te separa do sonho
Mesmo que a luz da infância
Tenha sempre um ar tristonho
Fica-te bem o vigor
Com que deslizas no tempo
Mesmo que os sopros da dôr
Marquem o teu pensamento

Fica-te bem um poema
Que não tenha rima certa
Mesmo que não valha a pena
Trazer a alma desperta

É por ti que a solidão
Magoa, sem ver a quem
Não percas a ilusão
Podes crer, fica-te bem

*Junho 2001*

purple_line_e0.gif

imagem261.jpg

Filhota 
Pesas mais que o meu talento!

(Toma lá um acróstico)
 
Mais bela que a natureza
Até mais bela que as flores;
Rainha da singeleza
Tens a beleza das cores
Amor da minha certeza

site2.jpg

Montagem fotográfica do meu amigo *Torre da Guia*

purple_line_e0.gif

Cidade do sonho

Cidade garrida
Janela de vida
Aberta ao amor;
Meu Porto cidade
Que tens a idade
Dum sonho maior
 
Meu burgo tripeiro
Leal companheiro
Das minhas manhãs;
Meu porto de abrigo
Que trazes contigo
Mensagens de paz

Se bem te conheço
Não posso negar
Que tens o encanto
Dum sonho ao luar...
Se bem te venero
Não posso esquecer
O quanto te quero
Cidade mulher

Cidade do sonho
Eu por ti transponho
As pontes do mundo;
Meu verso poema
Que serves de tema
Ao verso fecundo

O tempo não tem
A noção do bem
Que tu representas;
O tempo é o pão
E o sal da razão
Com que te sustentas

*Setembro 2001*

cidade.jpg

Diz ao fado e á cidade
Que é grande a minha saudade!

purple_line_e0.gif

ds.jpg

Este desenho de homenagem ao FADO foi-me ofertado pelo meu amigo e grande actor de teatro *WAGNER BORGES TOMÉ*

purple_line_e0.gif

photo.jpg

Na companhia do meu amigo 
*Lúcio Bamond* criador deste blogue!

purple_line_e0.gif

livro12.gif

* YOU TUBE *
 
 
* FACEBOOK *
 
 
* ALMA DA MINHA POESIA * SOPROS DA MINHA MAGIA *

 
* FADOS do FADO * blogue de letras de fados *

JOSÉ FERNANDES CASTRO
Direitos Reservados

Sociedade Portuguesa de Autores
SPA 19477

Webmaster: Lucio Bamond Genéve 2006

up_poetaefadista1.jpg